E já são 30 artigos interessantes na Wikipédia em Português (e erros)

21.

Daniel Edward “Dan” Aykroyd (http://pt.wikipedia.org/wiki/Dan_Aykroyd) E o desespero continua. Como confirmar que o Dan nasceu em Otawa com esta referência?

A busca continua. E a vitória é certa.

Claro que foi um copianço da wiki em english. Mas não tenham muitas ilusões. Como referência não vale nada a não ser que possam consultar o jornal em causa. (http://en.wikipedia.org/wiki/Ottawa_Journal) «The Ottawa Journal was a daily broadsheet newspaper published in Ottawa, Ontario from 1885 to 1980» Deve valer a pena viajar ao Canadá para encontrar o dito cujo e essa referência ao nascimento do nosso Daniel Edward “Dan” Aykroyd. 

22.

Do Dan passei para os Caça Fantasmas (http://pt.wikipedia.org/wiki/Ghostbusters) que pelo facto de ter o título em português deve querer dizer que teve o mesmo em Portugal e Brasil, critério nem sempre seguido na Wikipédia em Português. Mas eu ia atrás da  Sigourney Weaver (Susan Alexandra Weaver) – aprendam como eu na Wikipedia, ela chama-se Susan (http://pt.wikipedia.org/wiki/Sigourney_Weaver) – naquela de recordar a cena da mão que lhe aparece entre as pernas. Esqueçam. Vejam o filme. Mas infelizmente um dos filmes que eu mais gosto dela, alem dos da família Aliens, «Half Moon Street» (O Corpo e a Vida) (http://www.imdb.com/title/tt0091164/) não há em português na Wikipédia; e não senhora, não é porque aparece nua, é porque faz um papelão de uma doutora que acaba num serviço de acompanhantes e se envolve com terroristas árabes; o Michael Caine também entra. Do artigo da Susan-Sigourney, achei interessante a Ask Men servir de referência.

23.

Michael Caine (http://pt.wikipedia.org/wiki/Michael_Caine) é mais uma biografia da pt Wikipédia que desmerece o biografado. Feita para encher chóriços, mas prontos, existe, assim como existe a lista de filmes. E eu procuro e encontro um filme de culto, que já pouca gente se deve lembrar, mas um editor da pt Wikipédia teve a gentileza de fazer presente: Mona Lisa (http://pt.wikipedia.org/wiki/Mona_Lisa_(filme)). A  info-box que deveria ser a ficha técnica, também aparece no artigo, mais completa, mas desnecessária repetição, bastava completar a caixa. Interessante a referência :«Jorge Leitão Ramos (1987). Mona Lisa. in Diário de Lisboa de 1987.01.20.», que ne leva a perguntar o que é feito do Leitão Ramos. Cá está ele (http://pt.wikipedia.org/wiki/Jorge_Leit%C3%A3o_de_Ramos) com a notável nota: «Professores de Electrotecnia da Escola Secundária Marquês de Pombal.» Nada como ter a Wikipedia à mão. Mas seguindo o link, lá está o JORGE HENRIQUE LEITÃO RAMOS no grupo disciplinar 540. Quando vejo estas cenas das escolas faz-me sempre pensar em prisões, essa coisa dos grupos disciplinares. Vou ter que lamentar o pobre Jorge que, para ganhar a vida teve que ir dar aulas. Honras ao articulista da pt Wikipédia por mencionar: Dicionário de Cinema Português: 1962-1988. Lisboa: Editorial Caminho, 1989. ISBN 9789722104463, Dicionário de Cinema Português: 1989-2003. Lisboa: Editorial Caminho, 2006. ISBN 9789722117630. Só tenho o último.

24.

Dou um salto ao acaso e encontro Igreja de Santo Adrião (http://pt.wikipedia.org/wiki/Igreja_de_Santo_Adri%C3%A3o), certamente um dos artigos que mais trabalho deu ao editor da pt Wikipédia: «A Igreja de Santo Adrião situa-se na freguesia de São José de São Lázaro, em Braga, Portugal.» E já está. Há uma foto por ali, mas tem a ver com «Arquitectura Religiosa de Braga», uma vez que se refere à Senhora do Parto. Mas atenção, se forem à Discussão (sim, que na Wikipédia não se conversa, discute-se) encontrarão um enigmático «Este artigo encontra-se vinculado ao projecto Wikipedia:Versão 1.0, cujo objectivo é melhorar a qualidade dos artigos. Se deseja consultar, visite a Wikipedia:Projectos/Portugal/Património.» O mesmo é dizer que há mais palavras na Discussão que no artigo. Portanto é reconhecido que é preciso melhorar o artigo. O seu autor (que não devia pôr o nome completo nem falar tanto de si) tem: Artigos únicos editados:1,392 desde 2007. Obviamente não tratou do seu. Tem pouco tempo.

25.

Voando sobre Sir Maurice Joseph Micklewhite, que é um esboço, ao contrário do casório do dito cujo com Shakira Caine que já dura desde 1973, aterro em  Educating Rita (http://pt.wikipedia.org/wiki/Educating_Rita) um filme que preciso de rever, já não me lembro, mas tenho a vaga ideia de que gostei. Mais um artigo sem referências e não carimbado para revisão. Claro que a Julie Waters (http://pt.wikipedia.org/wiki/Julie_Walters), agora é famosa, graças ao Harry Potter; mas é mais uma entrada da pt Wikipédia mal trabalhado e não revisto, como se vê com o link da mini-série Talking Heads, que, como é óbvio, vai dar à banda (http://pt.wikipedia.org/wiki/Talking_Heads).

26.

Billy Elliot (http://pt.wikipedia.org/wiki/Billy_Elliot) além de um aviso: «Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo (spoilers)», que me remete para aquelas pessoas que costumavam contar o que se ia passar a seguir no filme e, de caminho para o Cinema Paraíso… mas sobre o Billy Elliot,  uma das referências é no mínimo interessante (http://www.dvdpt.com/b/billy_elliot.php), Não me perguntem porquê. Também não me perguntem o porquê da outra referência (http://www.bafta.org/film/awards?year=2000) a não ser que queiram procurar o filme, o que é chato.

27.

Jamie Bell (http://pt.wikipedia.org/wiki/Jamie_Bell) tem, como muitos outros artigos da pt Wikipédia, nomes de filmes em Português e, por exemplo, «A Conquista da Honra» redirecciona para o livro «Flags of Our Fathers» (http://pt.wikipedia.org/wiki/Flags_of_Our_Fathers) e só aí aparece o link para o filme (http://pt.wikipedia.org/wiki/Flags_of_Our_Fathers_(filme)) o que revela a arte de despachar de quem escreveu o artigo.  O «Herói da Família» vai dar ao livro «Nicholas Nickleby» (http://pt.wikipedia.org/wiki/Nicholas_Nickleby) de Charles Dickens e só aí se refere o filme(http://pt.wikipedia.org/wiki/Nicholas_Nickleby_(filme)). Erros meus, má fortuna, mas, ao contrário do Camões sem nenhum amor ardente pela qualidade do projecto Wikipédia pt. Um tal «Um Ato de Liberdade» vai dar a várias escolhas, sendo obviamente Defiance (http://pt.wikipedia.org/wiki/Defiance_(2008)) que nesta parte do mundo se chamou «Resistentes». Mais uma vez não há uma uniformização, que não é culpa do voluntário que escreve, mas de quem quer que seja que tem a obrigação de ver se o artigo não contém erros, uma tarefa que falha rotundamente na Wikipedia pt. Deve ser complicado encontrar voluntários para isso e os que existem devem ter muito trabalho. O que importa é ter as entradas e que existam 735 265 artigos, e sempre a crescer. (Ontem eram 735 172 artigos).

28.

Naomi Watts (http://pt.wikipedia.org/wiki/Naomi_Watts), alguém viu que não tem fontes desde 2009.

Mas não se ralem; uma das ligações vai dar a UNAIDS (http://www.unaids.org/en/Ourwork/ManagementandExternalRelationsBranch/PartnershipsDepartment/) e certamente vão encontrar a Naomi a promover uma causa que necessita verdadeiramente de toda a ajuda.

29.

Mas não se ralem. Eu só fui à Naomi (é uma maneira de dizer, sem segundas intenções, longe de mim tal ideia, cruzes, credo, canhoto, arreda!) a caminho de Mulholland Drive (http://pt.wikipedia.org/wiki/Mulholland_Drive_(filme)). E não é que encontro:

Nada mais nada menos. Você é tão burro que vai precisar de livro de instruções para ver este filme e ele está na pt Wikipédia. O David Lynch (http://pt.wikipedia.org/wiki/David_Lynch) explicou tudinho, porque também ele acha que o povo é burro.  Não pensem que estou a criticar, nada disso. É que de repente me senti como uma vez num exame; a única pergunta para a qual eu tinha resposta foi anulada. Fui o melhor dos zeros, mesmo assim, 0,6; havia quatro companheiros que conseguiram menos. Agora quando me vierem dizer que era confuso e não perceberem nada, mando-os onde devem ir: à… pt Wikipédia.

30.

Veludo Azul – Blue Velvet (http://pt.wikipedia.org/wiki/Blue_Velvet) e de repente a música começa a soar na minha cabeça. Mas se não viram o filme, não há como visitar a sinopse da pt Wikipédia:

Está tudo aí. Há um «carece de fontes» no que diz respeito à inspiração da canção para o título do filme. Mas de resto, sem ter referências é um artigo definitivo sobre um filme de culto. A sério, se querem mesmo bom material sobre Blue Velvet, o filme, têm na Wikipedia em inglês (http://en.wikipedia.org/wiki/Blue_Velvet_(film)); simplesmente excelente, como merece o filme. Não uma entrada contabilística.

Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: